Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

22 e agora?

Aos 22 anos apercebi-me que a minha vida (re)começa agora. É hora de novas aventuras.

O mundo muda (quase) sempre para melhor

A vida dá voltas. Muitas voltas mesmo, mas todas elas necessárias. Quando a vida muda e nos deixa sem chão achamos que o mundo está contra nós, que nos quer deitar a baixo. Na verdade não. Se a vida muda é porque é preciso, é porque vai ser para melhor.
Se no início de 2017 eu achava que o mundo se tinha virado contra mim hoje eu sei que estava errada. Hoje aprendi a valorizar-me mais. A ignorar mais o que os outros pensam. A lutar mais por mim, a fazer mais por mim! Aprendi o valor de estar sozinha. Aprendi a dar ainda mais valor aos meus amigos e percebi ainda mais quem são os verdadeiros que nunca me falharam.
A vida muda. A minha mudou. Mudou para melhorar. Obrigado "karma" por todas as voltas.
 

29a32aab63e5235f6248250867a5fdb1 (1).jpg

Imagem retirada do Pinterest

 

Uma tragédia que nunca se espera

Em 2017 decidi inscrever-me para fazer parte do staff da X Travel e ajudar em tudo o que desse durante a viagem de finalistas. Que erro, mal eu sabia o quanto me ia apaixonar por aquilo. Este ano não fui, mas o meu coração esteve em Punta Umbria durante toda a semana.
Foi das melhores experiências que já vivi nos meus 22 anos de existência. Durante uma semana dormi mal, troquei todos os horários de refeições e fiz o dia virar noite e vice versa. Durante uma semana fiz amizades que ainda hoje fazem parte do meu dia-a-dia. Durante uma semana fiz de mãe, pai, irmã, melhor amiga de todos os miúdos que precisavam de mim e da minha ajuda. Conheci "miúdos" finalistas que ainda hoje trago no coração.
O meu coração ficou pequenino quando soube da desgraça que aconteceu a um dos autocarros dos nossos finalistas. Um miúdo morreu. E eu sei que a culpa não é da X Travel. Foi um azar, um grande azar que arruinou a viagem de todos e sobretudo a vida de muitos miúdos que iam naquele autocarro.
Depois de saber o meu coração ficou apertadinho e fez-me perceber ainda mais que a vida muda drasticamente num segundo.
Era um miúdo. Um miúdo com familia, amigos, namorada e uma vida inteira para descobrir.
Não te conheci, mas espero que pelo menos Punta Umbria te tenha feito feliz e que estejas bem. Descansa em paz.
 

30440870_3997773773591050_1563319240491008000_n.pn

Recarregar baterias

Tenho de confessar que começo a gostar de Lisboa. Muito mais do que alguma vez imaginei, mas a correria da cidade não me deixa descansar mesmo quando estou de folga sem fazsr nada a vegetar o dia todo. É por isso que adoro vir a casa. Apesar de o Porto ser uma cidade igualmente agitada transmite-me uma sensação de tranquilidade incrivel. Não venho tantas vezes como gostaria, mas esta viagem que faço uma vez por mês sabe-me pela vida. 

Resumindo e concluindo: adoro vir a casa.

 

2018-03-21 16:13:06.225.JPG

Fotografia tirada por mim

Daddy's girl

hoje vou aproveitar este meu cantinho para desejar um feliz dia do pai ao meu. Pode parecer clichê dizer que ele é o melhor do mundo, mas a verdade é que ele faz tudo para merecer esse título. Ele. Ele que me encoraja em todas as minhas aventuras. Ele que é o primeiro a dizer-me que mereço este mundo e o outro. Ele que me apoia em todas as maluqueiras da vida. Ele que é melhor amigo, porto de abrigo, ombro para chorar e companheiro de todos os risos. Ele. Ele que é uma das minhas pessoas-sol. Ele e eu, a menina do papá. Obrigado. Obrigado por nunca me cortares as asas aos meus sonhos. Obrigado por todos ps sacrifícios. Um dia vou dar-te o mundo, prometo.

 

1BB24E87-0544-47F3-99F8-7312D80FC0D6.jpeg

 

 

 

Saudades de uma boa noite de sono

Querido cérebro gostaria, humildemente, de lhe pedir para parar de pensar em tudo o que não interessa para nada e fazer o favor de dormir quando são horas para isso. Será que estou a ser muito exigente? E já agora se alguém tiver por ai um milagre ou a cura para a insónia aceito e agradeço ajuda. 

 

08130bfe6f6e36ba7f1f99f1f5916321 (1).jpg

 

Imagem retirada do Pinterest

O meu segundo emprego da vida

Estágios contam como emprego? Vá vamos fingir que não visto que só recebi experiência profissional - que na verdade é das coisas mais importantes - o que quer dizer que este é o meu segundo emprego. Depois do primeiro dia de trabalho tenho a dizer duas coisas: gostei, mas estou com uma dor de costas horrível. Já quando trabalhei durante o verão me aconteceu o mesmo, por passar tantas horas seguidas de pé acabava sempre por chegar ao final do dia com uma dor de costas do tamanho do mundo! A minha questão é: alguém tem uma solução milagrosa para estas dores de costas? 

Sobre o trabalho em si estou a gostar apesar de ser imensa, e sublinho, imensa informação para assimilar em pouco tempo. É uma loja só para homens o que faz com que tenha de decorar tipos de tecidos, estilos, etc.. e saber distinguir tudo à primeira. Mas vai tudo correr bem. 

 

a7f5df5b41f09dcdc52e359535ac115c.jpg

Imagem retirada do Pinterest

Sobre confiar.

No post anterior expliquei o meu afastamento do blogue e um, pequeno, resumo do que se tem passado na minha vida. Hoje escrevo para dizer que arranjei trabalho. Não é na minha área (como eu tanto gostaria), mas vai dar para juntar dinheiro e manter-me em Lisboa onde está o monopólio das oportunidades. 

Confesso que me sinto "sortuda" por ao fim de uma semana de procura poder dizer que já não sou desempregada. Agora é continuar a procurar na minha área enquanto acabo a minha maravilhosa - só que não - tese. 

A vida leva-nos sempre para o sítio certo

Se 2017 tinha sido um ano incrível desde o dia 26 de dezembro que tudo mudou. A minha vida deu uma volta de 360º em todos os sentidos. Fiquei sem estágio, logo sem trabalho, perdi a minha avó e a minha relação viu o seu fim chegar mais cedo do que eu queria ou imaginava. Mas como sempre me disseram "A vida leva-nos sempre para o sitio certo." e a vida trouxe-me para Lisboa. Tenho aproveitado os últimos dias junto dos meus amigos, que são só os melhores do mundo, para passear e conhecer melhor a Menina e Moça. Tem sido dias aproveitados longe das redes sociais, do blogue e um pouco do mundo. Tenho aproveitado sobretudo os meus amigos e algo ainda mais importante: a minha própria companhia! 

Prometo voltar com tudo esta semana ao blogue. Agora que tudo está novamente alinhado internamente estou pronta para voltar ao meu cantinho especial com toda a força do mundo.