Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

22 e agora?

Aos 22 anos apercebi-me que a minha vida (re)começa agora. É hora de novas aventuras.

Pessoas-sol.

“aos meus queridos avós,

por me terem ensinado o verdadeiro sentido do amor incondicional, por me terem ensinado a ver e a ouvir os outros com o coração, por me terem ensinado, com todo a doçura do mundo, que as dores da vida curam-se com abraços, por me terem ensinado que para amar não precisamos estar perto, precisamos estar dentro,
por nunca me deixarem sozinha, mesmo quando já não os posso abraçar, ser pegada ao colo, adormecer nos seus braços, ver o brilho dos seus olhos, ouvir chamar o meu nome na casa da infância mais feliz do mundo: a minha.

obrigada, meus queridos avós, por terem sido (e por serem para mim) os melhores do mundo.“

 

onde quer que estejam avós. eu sei que vão estar a cuidar de mim ✨👵🏼

 

Texto da Sofia de Castro Fernandes autora do Às 9 no meu blogue.