Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

22 e agora?

Aos 22 anos apercebi-me que a minha vida (re)começa agora. É hora de novas aventuras.

13
Jan18

52 semanas, o desafio.

Tita Vicente

Descobri o desafio através do blogue do Triptofano, mas sei que não foi ideia dele, mas sim da Happy. Sempre gostei de desafios/tag's, por isso, decidi que ia embarcar nesta «aventura». Vão ser 52 semanas, ou seja, 52 questões respondidas e como sei que o suposto era começar no início do ano e que estou uma semana atrasada na próxima sexta feira vou completar os três primeiros desafios logo de uma vez. E porque sexta feira? Porque foi o dia que a Happy deliberou para que todos publicassem o desafio o que eu acho que só deixa as coisas mais interessantes, porque assim acaba por estar toda a gente a partilhar o mesmo no mesmo dia e não existem perigos de spoilers de respostas, sim das respostas, porque as perguntas já toda a gente conhece. 

Acho que esta ideia merece ser partilhada e sei que já existem alguns blogues a participar, mas acho que quantos mais melhor, por isso, alguém mais se vai juntar à festa?

 

20817683_bPD0p.jpg

 Imagem criada pela Fátima do blogue Porque Eu Posso.

12
Jan18

Display Night | Mindhunter

Tita Vicente

Até agora esta rubrica foi dedicada a filmes, mas hoje decidi fugir à "regra" e falar de uma série. É uma série da Netflix e todas as que vi até agora são boas o que só por si já me deixou curiosa. O facto de gostar de séries que envolvam policia e crimes, ou seja, tudo desde Mentes Criminosas a NCIS, fez com que o meu interesse por esta série desperta-se logo. 

Não quero ser spoiler, por isso, vou dizer aquilo que já se sabe e que resume muito bem a série: ela retrata ao pormenor o início da investigação a nível psicologico dos assassinos desde o porque de fazerem o que fizeram a como fizeram. É muito interessante ouvir o lado deles - não levem isto por maus sentidos - mas, a verdade é que é interessante perceber o porque de o fazerem e como a maioria dos passados deles se enquadra sempre ou quase sempre num padrão. 

Aconselho muito quem gosta de séries sobre crime a ver esta, pois acaba por nos enquadrar em muitas outras de certos aspetos que foram desesvolvidos. Já para não falar da intelegiência do personagem principal e a sua capacidade para desvendar o crime e pensar fora da caixa numa época em que pouca gente se atrevia a fazer.

Alguém já viu ou ficou curioso para ver? 

 

 

Imagem retirada do IMDB 

11
Jan18

Uma semana sem redes sociais

Tita Vicente

Uma semana sem redes sociais. Ou melhor mais ao menos. Não elimei as minhas contas, mas eliminei do meu telemóvel. Deixei apenas o Messenger do Facebook e o Whatsapp por uma razão: são o meu meio de comunicação com praticamente toda a gente. Impus a mim mesma uma coisa, mesmo que vá no computador só posso ir uma vez por dia. Até agora posso dizer que estou muito orgulhosa de mim e deste meu feito. Sempre fui muito apegada às redes sociais, mas sinto que desde às uns tempos para cá que andava a desperdiçar demasiado tempo nelas daí esta minha resolução de ano novo. 

A primeira semana desta resolução correu bem. Cumpri o meu objetivo de ir apenas uma vez por dia e ouve dias em que não fui sequer e sinceramente? Não senti qualquer falta. Este processo de "desintoxicação" das redes sociais está a ser bastante bom para mim. Agora faço-vos uma questão: alguém já pensou em fazer o mesmo ou está a fazer o mesmo?

 

Foto retirada do We Heart It

10
Jan18

The Crown, a série

Tita Vicente

Sei que a série não é nova para muitos. Foi altamente falada antes da sua estreia fosse pela escolha do tema, o desempenho dos atores ou os cenários incríveis usados. Ao início achei que não fazia o meu género, gosto muito mais de séries que desvendem crimes habitualmente, mas depois de no estágio ouvir toda a gente falar dela fiquei com a certeza que tinha de lhe dar uma hipótese. 

Decidi começar a ver quando fiquei "órfã" de séries. Vejo muitas. Muitas mesmo, mas neste momento ou estão em pausa de inverno ou à espera de nova temporada, por isso, decidi que ia investir o meu tempo em três séries: The Crown, Mindhunter e The Handmaid's Tale. Comecei com The Crown e, meu deus, fiquei estupefacta. Eu esperava uma série boa, mas não esperava isto. Fiquei viciada. A história da rainha, o desempenho tanto da Claire Foy como do resto do elenco, os pormenores dos vestidos, tudo tudo tudo. Se gostam de séries bem feitas vejam. Vejam porque vale muito a pena, juro. 

 

Foto retirada do Pinterest

08
Jan18

Foi uma noite negra em Hollywood

Tita Vicente

Ontem foi noite de Globos de Ouro e a passadeira vermelha perdeu o seu encanto quando as estrelas de Hollywood decidiram que era boa ideia vestirem-se todos de preto. Antes que começem as criticas vamos esclarecer uma coisa: eu sei porque estão todos de preto e entendo a causa, mas acho que não é por se vestirem todos da mesma cor que o «luto» que Hollywood atravessa se tornou mais significativo. Já toda a gente fala dos escandalos sexuais. O mundo já não pára de cada vez que surge um novo caso e depois do #MeToo ter sido nomeado a personalidade do ano, acho que ficou tudo feito. 

Para mim a única coisa que se destacou desta edição foi sem dúvida alguma o discurso sentido e profundo da Oprah. Toda a gente sabe a mulher incrível que ela é e a sua história de vida. Mas o discurso meus senhores, o discurso foi dos melhores que já vi alguém fazer. Se não viram vou deixar aquilo o vídeo. Acho que toda a gente devia ver.

 

Vídeo retirado do canal de Youtube da NBC

 

eu.jpg

Sou uma miúda de 95, que se mudou do Porto para Lisboa (e ainda passou pela Covilhã). Apaixonada por moda e Nova Iorque. Neste momento sou (quase) jornalista.

Rubricas

display.jpg

intership.jpg

new places.jpg

Instagram

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D